Paralisação na Bahiagás

O Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Químico, Petroquímico, Plásticos, Fertilizantes e Terminais Químicos do Estado Da Bahia – SindiquÍmica/BA, no exercício de suas atribuições constitucionais e estatutárias, informa que no dia 22 de setembro de 2020, para garantir que a negociação coletiva se desenvolva, os trabalhadores da Bahiagás paralisarão suas atividades até o final da negociação agendada para o mesmo dia.

A paralização visa garantir que a empresa apresente proposta que evolua para o desfecho da questão. Apesar de inúmeras tentativas do Sindiquímica, a Bahiagás insiste na retirada de direitos trabalhistas.

A empresa quer acabar com o triênio e rejeita critérios objetivos para o Plano de Progressão de Carreira no Acordo Coletivo dos Trabalhadores.

A empresa já recuperou o volume de vendas pré-covid-19 graças aos funcionários que mantiveram o trabalho de campo ou em home office, a pleno vapor, mesmo na pandemia.
Mesmo assim, os representantes dos grupos acionistas da Bahiagás (Gaspetro, Mitsui e Governo do Estado da Bahia) tentam utilizar a crise para não atender ao pleito dos trabalhadores.

Está nas mãos da empresa fechar um acordo digno e respeitoso com seus funcionários ou insistir com a Ganância e a retirada de direitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *