No próximo sábado, dia 19, os trabalhadores irão mais uma vez às ruas contra o (des)governo de Jair Bolsonaro.

Vamos para as ruas! Infelizmente estamos precisando nos expor porque o que vivemos no Brasil hoje é insustentável. Não tem vacina para todos, metade dos brasileiros não sabem o que irão comer na próxima refeição, desemprego nas alturas, inflação em 9%, quase meio milhão de mortos e uma média de mortes diárias acima de mil.
O Sindiquímica vem há muito tempo criticando esses atos irresponsáveis e criminosos promovidos pelo governo federal. Temos um chefe de estado despreparado, negacionista e que nos tornou um dos países com os piores índices de combate a pandemia. Estamos na luta para conseguir a vacinação de todos os trabalhadores da indústria, mas falta vacina, e quem realmente move a economia e atende as necessidades básicas da população segue correndo risco.
Para reforçar as manifestações do sábado, a CUT (Central Única dos Trabalhadores) convoca os trabalhadores a se mobilizar em seus locais de trabalho nesta sexta-feira (18), para construir uma base forte contra Bolsonaro e sua política de morte.
O povo precisa de um auxílio emergencial digno, comida na mesa, vacina no braço e do fora Bolsonaro. O fato de precisarmos ir às ruas reivindicar direitos básicos no meio de uma pandemia de um vírus mortal, mostra que o governo Bolsonaro é mais letal que o vírus.
Quanto mais articulação, mobilização e pressão for feita, maiores as chances de conseguirmos justiça por tudo o que foi feito contra a população brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *