Hoje, 5 de outubro, é o Dia Nacional de Luta contra a Exposição ao Benzeno.

A bancada dos trabalhadores da Comissão Nacional Permanente do Benzeno (CNPBz), mesmo extinta pelo atual presidente Bolsonaro, elaborou um boletim alertando para os riscos à saúde do trabalhador e o descaso do atual desgoverno com esse tema.

É preciso que toda a classe trabalhadora seja alertada para os riscos do agente cancerígeno Benzeno, ainda mais neste momento de crise mundial de saúde.

A falta de regulamentação, discussão e fiscalização dos efeitos da exposição ao Benzeno aumenta a precarização do trabalho diante da pandemia. Trabalhadores expostos a agentes nocivos à saúde como químicos, tóxicos e cancerígenos podem apresentar problemas maiores durante o desenvolvimento da Covid-19 devido aos danos presentes ainda não identificados.

Nesta terça-feira, 06/10, será realizado um encontro/webinar no youtube pela Coordenação de Prevenção e Vigilância do Instituto Nacional do Câncer (INCA), para apresentar e discutir os resultados de pesquisas sobre a exposição de trabalhadores de postos de revenda de combustíveis ao benzeno.

O Benzeno não é flor que se cheire. E o governo Bolsonaro é um retrocesso para a saúde dos trabalhadores.

Confira o material produzido pela CNPBz. Informe-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *