Warning: include_once(jsonwrapper/jsonwrapper.php) [function.include-once]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/7/96/98/sindiquimica/public_html/plugins/system/facebook-platform/php/facebookapi_php5_restlib.php on line 35

Warning: include_once() [function.include]: Failed opening 'jsonwrapper/jsonwrapper.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/7/96/98/sindiquimica/public_html/plugins/system/facebook-platform/php/facebookapi_php5_restlib.php on line 35
Sindiquímica cobra realização de teste em todos funcionários da Natulab
Sindiquímica cobra realização de teste em todos funcionários da Natulab PDF Imprimir E-mail
Qui, 21 de Maio de 2020 19:01
Com o anúncio do retorno do funcionamento da Natulab, fábrica de medicamentos e suplementos alimentares, localizada em Santo Antônio de Jesus, que tinha sido interditada pela prefeitura do município após 4 funcionários testarem positivo para Covid-19, o Sindiquímica-Bahia reiterou, nesta quinta-feira, 21/05, a solicitação para que a empresa providencie os exames de todos os funcionários da fábrica, independentemente de terem tido contato com os funcionários contaminados pelo coronavírus.
Os testes dariam tranquilidade aos trabalhadores e evitariam o clima de pânico que se instaurou na cidade, com os moradores temerosos em manterem contato com funcionários e seus familiares. O Sindicato chegou a receber apelos de trabalhadores, pedindo para irem trabalhar sem farda, com medo de serem identificados nas ruas da cidade como funcionário da Natulab, já que o medo pode gerar atos violentos como já sofridos por agentes de saúde em outras cidades do Brasil.
Outra preocupação do Sindiquímica diz respeito à decisão da Natulab de trazer funcionários de outras unidades da empresa para manter a operação da fábrica em Santo Antônio de Jesus, substituindo os afastados por suspeita de estarem com a Covid-19. Essa medida pode expor trabalhadores sem o treinamento específico com os equipamentos locais ao risco de acidentes, já que os mais experientes não estarão para orientar as operações.
Assim que tomou conhecimento do primeiro caso de contaminação na Natulab, o Sindiquímica solicitou que a empresa abrisse diálogo com os trabalhadores e apresentasse uma medida de contenção com isolamento e testagem de todos os funcionários.
O Sindiquímica tem acompanhado de perto, com preocupação, o crescimento do número de trabalhadores e trabalhadoras do ramo químico, petroquímico, plásticos e fertilizantes do estado da Bahia, atingidos por essa pandemia e vem atuando, junto às empresas do setor, para garantir a saúde e segurança dos trabalhadores, além da preservação dos postos de trabalhos, dos salários e de todos os direitos trabalhistas.
Graças à atuação do sindicato, visando a prevenção, foram realizadas, em diversas fábricas, alteração de tabelas de horário, acordos de home office, medição de temperatura, mudanças no sistema de transporte coletivo para garantir mais distanciamento, entre outras medidas essenciais de segurança do trabalhador.
Reuniões virtuais, lives nas plataformas digitais e materiais informativos nas páginas institucionais estão sendo utilizados para informar as formas de prevenção e os cuidados especiais que devem ser tomados, sob responsabilidade das empresas que prestam serviços essenciais e precisam manter a produção neste período.
e-max.it: your social media marketing partner
Última atualização em Qui, 21 de Maio de 2020 19:07