CUT lamenta a morte de Paulinho Fonteles

CUT lamenta a morte de Paulinho Fonteles

A luta pela democracia perde um de seus melhores guerreiros. Faleceu hoje (26) Paulo Fonteles Filho, o Paulinho Fonteles, como era carinhosamente chamado, 45 anos, em Belém (PA), vítima de infarto agudo. Era um dos membros mais atuante da Comissão da Verdade, que analisa crimes cometidos durante a ditadura militar brasileira. A história de vida de Paulinho fala por si só.  Nasceu no cárcere da ditadura, militou no movimento estudantil, foi vereador pelo PCdoB, e tornou-se um dos principais militante dos direitos humanos no Pará, tanto que comandava o Instituto Paulo Fonteles de Direitos Humanos e era membro da Comissão Estadual da Verdade (CEV)

O sepultamento de Paulinho será amanhã, 10h, no cemitério Santa Izabel, no mesmo jazigo em que o corpo do seu pai, Paulo Fonteles, assassinado pelo latifúndio em 1987, está enterrado.

Vá vem paz guerreiro menino!

Paulo Fonteles Filho, Presente!

Fonte: CUT

A luta pela democracia perde um de seus melhores guerreiros. Faleceu hoje (26) Paulo Fonteles Filho, o Paulinho Fonteles, como era carinhosamente chamado, 45 anos, em Belém (PA), vítima de infarto agudo. Era um dos membros mais atuante da Comissão da Verdade, que analisa crimes cometidos durante a ditadura militar brasileira.

A história de vida de Paulinho fala por si só.  Nasceu no cárcere da ditadura, militou no movimento estudantil, foi vereador pelo PCdoB, e tornou-se um dos principais militante dos direitos humanos no Pará, tanto que comandava o Instituto Paulo Fonteles de Direitos Humanos e era membro da Comissão Estadual da Verdade (CEV).

O sepultamento de Paulinho será amanhã, 10h, no cemitério Santa Izabel, no mesmo jazigo em que o corpo do seu pai, Paulo Fonteles, assassinado pelo latifúndio em 1987, está enterrado.

Vá vem paz guerreiro menino!

Paulo Fonteles Filho, Presente!

Fonte: CUT

e-max.it: your social media marketing partner